Wednesday, October 09, 2013

Patetices de quem realmente não tem mais nada para fazer...

Sim, eu também. Podia ter aproveitado este fim de semana para ter feito uma máquina de roupa e nicles. Contudo, acabo de ler que duas jovens (uma de 27 e outra de 29 anos) resolveram deixar os trabalhos em Portugal e com a ajuda de família, amigos e amigos de amigos (um conceito que tem muito que se lhe diga), deram a volta ao Mundo. Pode até parecer um bocado de inveja da minha parte. Mas não é. Não é algo que seja um objectivo de vida meu, logo, não me podia ralar mais ou menos. O que me parece absurdo é publicitarem isso. Numa altura em que a maioria dos jovens desta nossa geração dão a volta ao mundo, não para passearem e conhecerem novos povos e culturas, mas sim para arranjarem trabalho, qual a lógica de duas raparigas que me parecem ser inteligentes, mostrarem que tiveram a oportunidade e sorte de o fazer, deixando para trás e, por isso, os seus respetivos empregos? Não é tanto o acto em si, mas sim a exposição do mesmo que me espanta. Há coisas que simplesmente devem ser deixadas para nós e para os nossos, de forma a não chocar a capacidade de encaixe de pessoas que gostavam de o fazer, mas nem sequer o podem sonhar um dia. Só isso. 

No comments: