Posts

Showing posts from June, 2011

Sobre Angélico, sobre o acidente, sobre tudo o que tenho ouvido e lido, sobre a sociedade

Como podem reparar tenho vindo a escrever menos no blog (e para os que me acompanham no Facebook, também). Contudo, estava somente à espera do desfecho já previsível do último caso mediático nacional. "Finalmente" lêem-se nos escaparates "Angélico Vieira morreu". E escrevo "finalmente" porque, pessoalmente, acho um absurdo todo o circo que foi feito devido ao seu acidente. Bem sei que era uma figura pública, bem sei que (pelos vistos), era uma excelente criatura. Tinha apenas 28 anos (eu tenho 27, logo...). Era bonito, inteligente. E é exactamente por isso que, por um lado, o lado consciente, a sua morte não me afecta, não me choca. Era um adulto conhecedor das regras da estrada. Era um indivíduo como tantos outros milhares que sabia apertar um cinto de segurança. Ele e os outros que com ele seguiam e não o fizeram de igual forma. O resultado é o que se vê. Ele morreu, o amigo morreu (amigo esse, aproveito para dizer, colega meu da Faculdade de Ciências n…
Como é que se Esquece Alguém que se Ama? Como é que se esquece alguém que se ama? Como é que se esquece alguém que nos faz falta e que nos custa mais lembrar que viver? Quando alguém se vai embora de repente como é que se faz para ficar? Quando alguém morre, quando alguém se separa - como é que se faz quando a pessoa de quem se precisa já lá não está? As pessoas têm de morrer; os amores de acabar. As pessoas têm de partir, os sítios têm de ficar longe uns dos outros, os tempos têm de mudar Sim, mas como se faz? Como se esquece? Devagar. É preciso esquecer devagar. Se uma pessoa tenta esquecer-se de repente, a outra pode ficar-lhe para sempre. Podem pôr-se processos e acções de despejo a quem se tem no coração, fazer os maiores escarcéus, entrar nas maiores peixeiradas, mas não se podem despejar de repente. Elas não saem de lá. Estúpidas! É preciso aguentar. Já ninguém está para isso, mas é preciso aguentar. A primeira parte de qualquer cura é aceitar-se que se está doente. É preciso p…
Será que os 18 Governadores Civis que se demitiram são todos do PS? Será que não perceberam que o novo Governo não irá substituir ninguém? E melhor ainda, saberão eles que, sem uma revista à Constituição, eles terão de permanecer no cargo por tempo indeterminado nessas condições?
Image
From Vancouver, with Love.... À medida que iam ocorrendo os desacatos públicos com intervenção das forças policiais, devido somente ao resultado de um jogo qualquer, um casal aproveitou para mostrar que nem tudo, nem todos, perderam o juízo.

Amores #2

Image
Outra coisa que eu simplesmente adoro são as fotografias da Pauliana Valente Pimentel: simples, clássicas, retratam a Vida tal como ela é, as pessoas no seu quotidiano, sem posturas, nem cenários ou artifícios. Sem pose. A última exposição inaugurou hoje na PickPocket Gallery junto à Estação de Santa Apolónia à Rua dos Cesteiros (Bica do Sapato). Uma colecção de 6 (infelizmente são poucas as expostas) fotografias de transexuais portugueses. Uma homenagem como explica a autora a todas aquelas que com ela se têm cruzado, uma homenagem a Lou Reed e a David Bowie, ao andrógeno e excessivo. Um trabalho mesmo inspirador... onde deviam estar publicadas mais fotografias da "rua". As mais naturais (na minha concepção), as mais verdadeiras... onde não existem nem amarras, nem falsidades, nem fantasias. Na rua é onde estão a nu, com medos e vontades e ilusões. Com o seu próprio jeito de ser... "taking a walk on the wild side.."

Amores #1

Image
Florence Welch (Florence and the Machine) É LINDA!
Sim.... estou roída de inveja de não ter ido ao "pouco espaço de tempo para fazer imensa porcaria". Não tenho culpa do meu pseudo-companheiro de farra e manjericos ou se ter esquecido, ou não sei bem o que lhe aconteceu ainda. Ele não dá notícias, tem piada! Mas penso no lado positivo: dormi mais cedo e acordei mais tarde. E bem que precisava de descansar nestes dias.

Sim, eu continuo ZEN

O que não implica necessariamente que não sinta uma vontade enorme que mandar uma certa pessoa à merda. Por vários motivos. E por nenhuns também (assim descarrego todas as frustrações últimas). É que não gosto que brinquem comigo. Não gosto que o Universo, ou o Destino, ou seja lá o que for me lixe a Vida desta maneira, criando espaços e oportunidades e depois arranjando e inventando desculpas que já nem eu (e olhem que é difícil) consigo acreditar. Estou tãoooo fartinha! Aiiiii, como estou mesmo FARTA!
Obrigada a todos os que (NÃO!) me contactaram sobre o bilhete dos Lamb. Fiquem sabendo que vi ontem 28 euros a arder (e eu estava aberta a negociações - até a DAR O BILHETE!), porque não fui. Não gosto de me meter em Lisboa em dias de festas populares. Sei sempre de histórias de faca e alguidar e não estou numa fase em que queira ou necessite de me meter no meio da confusão. Zen, muito zen, relaxada que estou... e é assim que quero estar até regressar das férias, portanto ainda falta muitoooo tempo para voltar ao barulho das luzes e holofotes de peixeiradas.

Pedido a Santo António

Coisa simples para um Santo Casamenteiro, Padroeiro e outros adjectivos terminados em -eiro! Não me coloques à vista nos próximos, ora deixa cá ver na agenda... 3 anos, qualquer elemento do género masculino. Lamento mas estou completamente entregue ao meu trabalho que está realmente a virar paixão. Nunca ninguém me viu a explicar Geologia de forma tão apaixonada como agora, portanto quero muito aproveitar essa onda de forma a aprender cada vez mais e a tornar-me cada vez melhor e mais perfeita naquilo que faço. Nada de pessoal contra ti, simplesmente o resto é a maior perca de tempo que alguém, como eu, pode ter. É que sabes, já são muitos anos de calinadas e de bater com os burrinhos no chão, muitos anos de desilusões e de desapontamentos, de tristezas mais profundas e outras nem tanto (daquelas que não matam mas moem), de forma que prefiro estar "foccused" em algo que realmente me preenche as medidas e que eu sei dar a volta para que funcione bem, mesmo quando parece que f…

Lamb amanhã, Domingo, no CCB

Vendo o meu bilhete! 28 euros!! P'lo amor da Santa! Estou mesmo arrependida de ter comprado aquilo e não quero ver o dinheiro a ir pelo cano do esgoto até ao Tejo! Please, ajudem aqui a amiga desesperada! (Em caso negativo terei de ir, mas com grande sacrifício, digo desde já!)

Não fosse eu andar tão cansada

e com extrema necessidade de ter estes dias de descanso (mentira que hoje há estive nas limpezas e só na "região" do fogão passei 2 horas a esfregar a parede e a limpar o chão!) diria: sexta e segunda feriados?? País de calões! Ahh, e diz que hoje é Dia de Portugal... yeah, whatever (desculpem, mas não me sinto muito patriota, certo? Certo!) E o que eu queria mesmo era ter ido à Feira da Agricultura em Santarém!

Geologia ou...

Image
... como me irrita passar uma vida académica dedicada a um único subject, não alargar horizontes, e depois perder oportunidades que tão depressa não vou voltar a ter. Como referi (ou não) há umas semanas, participei numa saída de campo ao SW de Portugal (Costa Vicentina e Litoral Algarvio Ocidental), pela AAPG-FCUL. Aprendi muito e, felizmente, também pude aplicar os conhecimentos que tenho ganho ao longo deste ano e meio de trabalho numa empresa de consultadoria e serviços para o mundo dos hidrocarbonetos. Uma vez que na semana que antecedeu a saída estive brutalmente ocupada com assuntos de trabalho que requeriam celeridade e atenção redobradas (entre as quais dar formação a alguns colegas sobre rochas carbonatadas), não tive qualquer tempo para pegar nas cartas geológicas da área em estudo ou tentar recolher informações sobre os locais. E estando ainda em falta com um relatório e uma apresentação, e independentemente daquilo que eu vá escrever nada tenha a ver com a minha área de e…

Aconselho... a todos, aos adultos, aos pais, aos filhos, aos adolescentes, aos professores,

... aconselho-o sobretudo a mim. TRUST- Perigo Online

Não sei quem inventou o Universo...

Image
(Nebulosa do Cisne-Via Láctea) Mas são fotos como esta que me fazem acreditar no Poder e Energia que nos circundam.

A Jerónimo Martins é imbatível...

Image
(sim tenho trabalho para fazer à minha espera mesmo à minha frente... mas a preguiça é muita e felizmente não tenho - ainda - deadlines). Estava eu a dizer que a JM é imbatível. Sinceramente tenho que lhes tirar o chapéu. Pingos Doces, Feiras Novas, e agora as mercearias Amanhecer. Eu já conhecia os produtos dessa marca branca e sabia que eram do PD, uma vez que as vacas e sapos que aparecem nas embalagens de cereais são os mesmos de uma label para a outra. (Ah e a morada é a mesma, claro!); mas assim, com a criação de mercearias, para além de consumirem de vez o que resta dos mini-mercados e mercearias tradicionais, ainda hão-de dizer que isto é um incentivo à produção e exportações nacionais e que assim estão a contribuir para a redução de trabalhadores desempregados. Eu aprecio. Desculpem, mas aprecio. Claro que não gosto do aspecto que referi de atacarem o mercado mais pequeno de tal forma que não haja espaço para outros respirarem, mas se for realmente uma mais-valia para emprega…

Os alemães devem estar outra vez com a mania...

... de que são o povo superior, a raça escolhida, os melhores da Europa e arredores. Mas quando começam a exagerar muito na auto-estima a coisa começa a correr-lhes para o torto. Que isto da nova estirpe da bactéria E. Coli já começa a irritar. Mas será que ninguém reparou que agora, todos os anos, mas tipo, todos os aninhos, temos de combater um vírus qualquer, uma estirpe qualquer, uma doença mortífera, letal, qualquer?? E agora é isto... O problema é que a Alemanha não teve qualquer tipo de preocupação em deitar as culpas para cima dos outros: os alemães que morreram até à data comeram alimentos portadores da doença que eram, por sua vez, provenientes (apontar ao acaso para o Atlas da Europa e ver onde o indicador acertou), ahhh! da Espanha (Sí, coños!)!!! Lamentável... principalmente depois dos testes terem sido realizados e descobrir-se que afinal não... nada tem a ver com pepinos espanhóis (OLÉ!) ou rebentos de soja de Hamburgo. E já agora... alguém se lembra também, só assim, d…

Não não!!! É incrível....

afinal não... afinal não é somente "private" como é igualmente demente! Isto de me dar com gente que também não bate bem da bola é genial! GE-NI-AL!

Ele, ela e a outra....

É tudo muito bonito até que.... dá raia, claro! E quem se lixa com isto é a Bacia Lusitânica... (private, private).

Por mim deveria haver uma LICENCIATURA no seguinte:

Image
Sim, uma Licenciatura, se calhar com Mestrado integrado porque assim, seriam 5 anos de curso e não haveria forma de errar(em) (muito). Seria uma Licenciatura de Bolonha à maneira, maioritariamente direccionada para mulheres, porque nunca vi problemas do mesmo género com homens, se bem que mal não lhes faria. Licenciatura em GÉNESE E UTILIZAÇÃO DE PIAÇABA! Porque, meus caros e MINHAS CARAS, se há coisas (não é que me enoje), mas sim, que me deixa FORA DE MIM, completamente IRRITADA, ao ponto de SUBIR ÀS PAREDES, é ver que as mulheres NÃO SABEM utilizar a merda de um piaçaba, como se por acaso aquilo fosse a coisa mais asquerosa do Mundo e arredores. Não minhas amigas, um piaçaba faz milagres na limpeza de sanitários, a não ser que gostem de ir à casa de banho e ver tudo, LITERALMENTE CAGADO, pela "senhora" que esteve lá antes. Estou farta de mencionar isto: eu NÃO SOU CRIADA DAS OUTRAS! Portanto, vamos lá fazer, OK vá, um Curso Profissional de Limpeza Intensiva de Sanitários.…

Depois não se podem queixar!

Direito ou Dever, acto cívico ou de cidadania, uma coisa é certa, VOTAR hoje é ESSENCIAL. De preferência votar em consciência e não colocar a cruzinha só porque "tem de ser em algum". Não deixem para os outros a vossa oportunidade de escolha. Depois não se podem queixar...
Então parece que a Ryanair ofereceu um ramo de rosas pelos 10 dias de greve previstos pela TAP nos meses de Julho e Agosto. Ai... o charme irlandês é fantástico.

As coisas são como são e são-no na medida do seguinte:

Shame on you if I get fooled once... Shame on me if I get fooled twice! (É que desta vez estou de olho aberto e não volto a passar pela mesma situação de não querer ver as coisas como elas acontecem!)