Lembram-se da reportagem de fim de ano sobre aquela médica de Taiwan que se iria casar com ela mesma no dia 1 de Janeiro? Pois olhem, no futuro, será a minha vez. Deixem-se só mudar de feitio e começar a ser apologista do matrimónio para ver se não me caso comigo também...? Se bem que o risco de infidelidade será grande, as probabilidades do mesmo ocorrer "realmente" são mínimas e, verdade seja dita, mais vale solteira que mal acompanhada.

Comments

Goldfish said…
Isso é que é auto-estima! Já me ri... :)
pling a lot said…
ou seja a idade está a passar com mais velocidade relativa

do que soia...

Popular posts from this blog

Como se tornarem numa real bestinha? Perguntem a Gustavo Santos.

Influencer ou being Influenced?