Tuesday, October 27, 2015

Contra o Poder, nada se Pode #2

Notícia da manhã, e talvez do dia, considerando que a política nacional pouco ou nada poderá impressionar mais: Luaty Beirão pôs fim à greve de fome.
Eu acredito piamente que tenha sido apenas e só por amor à família, por amor à filha. Não me convence o discurso de que "ganhou" a batalha, ou que a "máscara" (da política praticada) tenha caído. Na realidade eu acho que não são precisas greves ou manifestações para se perceber o que se passa em determinados países do mundo, mas sim, uma boa dose de bom senso em não criar ondas (mais uma vez porque outros valores falam mais alto...) (des)necessárias. 
E isto, para mim, cada vez será mais um assunto "areias movediças". É incrível como o direito à Liberdade de Expressão se torna cada vez mais raro - quanto mais plataformas de comunicação existem, maior será o grau de vigilância. Há sempre um Big Brother a espreitar a cada palavra escrita. 

No comments: