Esclarecimento

A História não é vendível. A História não se pode fazer num dia e ser vendida a peso de ouro no outro. A História faz-se, não raramente, de momentos críticos, delicados, que mudam para sempre a face geopolítica do Mundo. Não pode ser levada de uma forma tão ligeira. 

Ao serem vendidos hoje exemplares do jornal Charlie Hebdo por $1500, ou mais, (é ver quem vende primeiro), comprova-se que a História não PODE NEM DEVE ser vendível. 

Não aceito, nem compreendo. 


Comments

Konigvs said…
Dizem que é o mercado a funcionar. Por que é que há trabalhadores, que não fazem mais nada que dar uns chutos numa boa, e numa hora ganham mais do que a generalidade das pessoas numa vida?
"É o capitalismo, estúpido"!
Clau said…
.... A put@ do esférico comanda a vida...

Popular posts from this blog

Como se tornarem numa real bestinha? Perguntem a Gustavo Santos.

Influencer ou being Influenced?