Saturday, July 31, 2010

A falta que as palavras fazem...

Num mundo cada vez mais mesquinho, onde são ditas as maiores barbaridades e cometidos os maiores e mais horrendos crimes, sinto-me cada vez mais pequenina e insignificante.

Thursday, July 29, 2010

A minha cabeça é uma cabeça de melancia...
E há quem esteja armado em parvo comigo, só que hoje escolheu um péssimo dia!

Tuesday, July 27, 2010

Sunday, July 25, 2010

Nota Mental:

Botão Del (Delete) = Apagar; Backup = cópias de segurança. Mais não digo.

Thursday, July 22, 2010

Marmota??? Mini-urso se faz favor...

(Foto Sapo: Marmota procura comida junto de turistas na Suiça)

Quando era míuda, recebia disto vindo do Canadá...

Entretanto deixaram de me enviar... dizendo que a fábrica tinha encerrado. Qual não é o meu espanto quando hoje revejo este bem precioso canadiano!!! Infelizmente não se vende em Portugal, mas em compensação, o irmão Skippy, americano (e mais burrinho, portanto.. LOL), enche-me as medidas! NHAMMMMM!

Eu tenho de alargar os horizontes...

... que isto de gostar da mesma pessoa há vários meses começa a ser-me estranho, muito embora acredite piamente que tenhamos sido feitos um para o outro, mas para outro timing e, com certeza, para outra(s) encarnação(ões).

Wednesday, July 21, 2010

Inspirações...

Tenho poucos amigos íntimos, daqueles que me conhecem as manias e as loucuras, que sabem a história da minha vida e as coisas menos boas que me vão acontecendo, e que me tentam chamar à razão, quando eu tenho motivos para comemorar mas estou disposta a ver o "Dark side of the Force". Pois bem.. são esses amigos, pouco e íntimos, que me inspiram a viver o dia-a-dia, basicamente que me inspiram a VIVER. Às meninas: R., I., A., V., não tenho palavras para vos agradecer serem quem são, para vos agradecer os puxoes de orelhas, as discussões brutalíssimas, o money emprestado (eu JURO QUE TE PAGO A.!!!), as longas conversas sobre homens e trabalho e afins. Aos meninos: S., C., G., J., (e agora também aos meus novos colegas R., H., J., A.) e ainda ao P. (pela inspiração à VIDA e vibrações musicais) e N. (pela inspiração laoboral), não sei como seria a minha vida sem vocês, os meus meninos (homens, homens), que sempre estiveram lá em todos os momentos. Obrigada por terem deixado que eu entrasse nas vossas vidas, pelo que agradeço ao destino também, ter deixado voces entrarem igualmente na minha. Sinto-me uma privilegiada e orgulhosa.

Tuesday, July 20, 2010

Há semanas... e outras semanas....

Quem disse que tudo corre sempre bem e que mesmo o que parece não ter solução, solucionado está? Algum idiota (=pessoa com muitas ideias, mas na sua maioria parvas!). Andar feita louca uma manha e início de tarde inteiras (com excepção deste momento) à roda de litofácies (ide ver ao Wikipédia que deve por lá estar a explicar o que são), não é bom, principalmente quando estamos extremamente enervados com situações que nem sequer conseguimos definir ou justificar. Porque é assim que hoje me sinto, especialmente concentrada, com imensos objectivos e metas a cumprir e a coisa não corre... simplesmente porque nada me está a fazer sentir bem.

Monday, July 19, 2010

Culmino com (parte III)

Não tarda faço um auto internamento no Julio de Matos por causa das coisas. Lá porque eu não tenho diploma, o prémio é do trabalho.. de nós duas que o fizémos, do professor que nos orientou. A ver se enfio isso na porra da cabecinha porque hoje está difícil.

Culmino com (parte II)

Só ganhou quem estava inscrito no congresso. I wasn't so... I didn't. (E porque não me inscrevi? Porque nem sequer lá fui, logo, achei que sinceramente, não valia a pena gastar dinheiro com isso).
PS- Muito embora o trabalho científico seja de duas pessoas (mais orientador), não posso dizer que tenha ganho seja o que for. Não é justo e seria falso.

Culmino com...

Ganhei um prémio no Congresso Nacional de Geologia, que se realizou em Braga, na semana passada e, até esta manhã, ninguém me tinha informado de nada. Se poderia estar contente, poderia, mas a falta de consideração pela minha pessoa grita mais alto, deixando-me profundamente irritada.

E mais uma...

Escreve-se FREDDIE Mercury... FREDDIE!!! e não.. Freddy, Fredy, etc. e tal.

Bem me diz o meu signo para...

ser normal e falar simplesmente de coisas, ser inteligente e falar de ideias, não ser mesquinha ao ponto de falar de outras pessoas. Pois bem, vou ser tudo isso neste post: irritam-me solenemente as pessoas que sabem que vão para um festival de música, numa praia, cujo acesso não é muito aceitável e, têm o descaramento de, no fim, se queixarem do transito, do pó, da confusão que se instala no momento de pegar na trouxa e regressar ao doce lar. Falar de coisas será: se já sabem para o que vão, não se queixem; ter uma ideia é: só vai quem quer e, se acham que são tão superiores ao ponto de não aguentarem a poeirada, os encontrões, etc., não ponham lá os pés em primeiro lugar. Serve-lhes a carapuça? (É que sempre ouvi dizer que esse é que era o espírito festivaleiro..).

Saturday, July 17, 2010

Porque não há nada na minha vida mais libertador do que a música...

Wednesday, July 14, 2010

E a tarde corre pior que a manhã... com ou sem biscoitos.

Trocava a mini-saia por jeans...
(Foto Mango)

Para melhorar o (meu) humor

E assim...

num acto de alguma simpatia que hoje me parece estar a faltar imensamente, fui depois de almoçar, ao Pingo Doce da 5 de Outubro, adquirindo cerejas e biscoitos que reparti gentilmente pelo pessoal da minha empresa (ou seja, dispus os artigos na nossa copa e deixei lá um recadinho). E pronto, é só isto!

Enigma - Gravity of Love [HQ]

Olive - You're not Alone

Amanha, dia 15, iniciam-se os saldos.

Até hoje e desde meados de Junho têm-se feito sentir os efeitos das promoções e descontos. Uma forma simpática das lojas (de marca luxuosa ou mais acessível ao grande público) venderem o que noutras condições não venderiam, até porque o calor este ano, ora vai, ora regressa e, se esperássemos pelos Saldos, então não comprávamos mesmo nada de novo. Eu sou mais amiga das promoções do que dos Saldos, exactamente por essa razão, porque não dá para esperar muito tempo até se puderem comprar as calças ou casacos estivais que até então eram caros (bom, poderiam não ser caros... mas para a maioria dos bolsos, começam a pesar). Assim sendo e vistas bem as coisas, acontece que a partir de amanha, por Lei, começam os descontos sobre os descontos e se na maioria das lojas estava tudo já muito escolhido, é bom relembrar que a maioria dos números mais cobiçados pelas mulheres portuguesas já voaram, assim como as peças de roupa mais giras ou engraçadas. De repente tudo o que é loja (mesmo as mais caras) viram feiras, e é ver tudo ao molho em cima das prateleiras, nas quais nos arriscamos a estragar ainda mais a roupa, porque temos que a puxar do meio de tanta tralha que está também por ali.
Outra coisa que li hoje foi o facto de serem cada vez mais homens (ou ser um cada vez maior nº de homens) quem procura as lojas durante estas épocas de descontos. A razão parece-me simples e basta olhar em nosso redor para entermos o porquê. Estão cada vez mais estilosos, cada vez mais bem cuidados, reprimem a barriga de cerveja, estão a deixar de fumar (tanto), praticam exercício e não, não são gays, simplesmente ganharam consciencia na sua figura, tornaram-se metrossexuais, não só por necessidade mas porque querem estar bem com eles mesmos. Em resposta, o quadro feminino (a meu ver, portanto não quero generalizar, embora admita que se torne cada vez mais difícil), está pior. As mulheres portuguesas que durante os anos 90 e agora no ínicio do novo século e milénio andavam a espalhar algum charme, estão a ficar deslavadas, parecendo que não têm gosto nenhum. Não se maquilham, mas também não se ralam em ter um bocadinho de boa aparência; fazem conjuntos de arrepiar, em que riscas e bolas parecem ser a mesma coisa, e estão a ficar feias. Lamento mesmo dizer, mas estamos a ficar feias (nós que nunca fomos bonitas em primeiro lugar, estamos a ficar AINDA mais feias). Quando digo bonitas, não me levem a mal, quero dizer que não temos o ar mediterranico que uma espanhola catalã tem, ou uma italiana, ou uma grega (loiras ou morenas, elas têm um perfil bonito... nós não). Mas vá, podíamos não ser estampas, no entanto jogávamos as nossas cartas em termos de moda. (E escusam de dizer que nós não somos mediterranicas, porque eu sei disso, não sou assim tão DAH!). De qualquer das formas, estamos a ficar desleixadas, isso é um facto, e eles, homens, estão a ficar cada vez mais giros, outro facto. Eu sei que neste momento existem outras coisas com que nos preocuparmos, em manter o emprego, em ganhar e poupar dinheiro, em resolver problemas, mas não acham que podíamos ficar um bocadinho mais contentes ou alegres, se a nossa auto-estima estivesse também um pouquinho mais acima do nível médio do mar? Não é preciso gastar dinheiro para isso acontecer, basta às vezes fazer-se uma "limpeza" ao roupeiro e aproveitar roupa para fazer conjuntos novos. Aliás, a MODA por si só, é uma imitação e repetição constantes do que já foi feito. O que se vestiu no ano passado, estava na berra também nos anos 80, as calças à boca de sino, "inventadas" pelos cowboys e apresentadas ao mundo pelos hippies nos anos 60 e 70, voltaram a usar-se nos 90/00! Tudo é um ciclo, apenas há que saber ir na tômbola. Enfim, isto tudo para avisar que amanha começam os Saldos. Boa sorte para quem os vai atacar.

Se ontem estava moody....

hoje estou FULA DA VIDA!!

Friday, July 09, 2010

Aquilo não era meu, os outros é que estavam a fazer a festa.

Mas acham mesmo que eu ando com pot nos bolsos??

And now something completely different...

A Historia do Socialismo: then and now
Não me interpretem mal, Mário Soares foi e é, sem dúvida, um grande estadista. But that's all.

Optimus Alive 2010- Dia 1

Embora eu continue sem perceber porque raio é que o pessoal (ou como raio) insiste em fumar ganza e beber cerveja like if there's no tomorrow, em festivais, e ainda estar atento para ver/ouvir boa música, devo admitir que o ambiente ontem esteve bem relaxante e festivaleiro. É claro que não foi surpresa ver Florence (and the Machine) possuída pelo demo em palco, uma vez que não engana ninguém (e é claro que me fez recordar Kate Bush com toda a força) com aquele arzinho angélico, The XX a ajudar ao momento zen e transe da noite, culminando (para moi) nuns La Roux que transformaram o abafadíssimo palco Super Bock (a tenda do Inferno.. LOL), numa discoteca onde todos dancámos e pulámos. 3 em 1... foi bom, não pediria mais. Resta saber se daqui a 1 semana estarei ou não com passagem marcada para o Meco (Super Bock, Super Rock).
E é verdade... já me ia esquecendo, não fosse reler o facto (e ter a certeza do mesmo) na revista Blitz online. Enquanto fazia a travessia entre o palco principal Optimus e a minha tenda infernal (devido ao calor super abafado), vi casos estranhos de brigas entre casais. Aliás, vou mais longe e arrisco-me a falar de términos de romances. Mas está mesmo tudo parvo? Então vão ali para curtir bons sons, boas vibrações, estão HORAS (quem tinha passe para 3 dias e chegou pelas 19.00, demorou outras duas até ter cruzado o já famoso A de entrada e controlos policiais) à espera de entar para, uma vez lá dentro, discutirem? Chorarem? Amuarem? Man... se isto é que o chamado "espírito festivaleiro", passo ao lado OK?

Friday, July 02, 2010

Dieta para todo o ano...

Eu concordo em pleno com a Ministra da Saúde, a Drª Ana Jorge, quando diz para os portugueses fazerem "sopa em casa". Eu também sou adepta das sopas. Acho que são nutritivas, vitaminadas, promovem uma excelente dieta. Eu ando a comer sopa, ultimamente, todos os dias. E realmente em tempos de crise, para quê gastar 3 euros num Happy Meal, quando podemos comer uma sopinha e uma sandes por 2.40?? (Pelo menos é isso que me acontecia antes do aumento do IVA, agora não sei porque ontem e hoje não almocei no local do costume). E assim apertamos melhor o cinto em todos os sentidos. (Obviamente que este post é feito com alguma ironia).
imagem: Grande Depressão de 1929

Thursday, July 01, 2010

Princesa....

(Florence Welch)
Faltam 7 dias para o Optimus Alive no Passeio Marítimo de Algés.

Em relação ao pseudo-consumismo abaixo muito referido

Na realidade perdi a cabeça com umas calças para este mês de Julho, mas como já são para a nova estação, (e como eu ando com roupa da antiga estação), não vou "guardá-las" para o frio e chuva, até porque calças de ganga, são calças de ganga, seja no Verão ou no Inverno. A malinha Channel em crochet, se calhar, poderá ser parcialmente reproduzida pela minha vizinha do andar de cima, perita em bordados e coisas parecidas. E de resto, os lenços Longchamp ao vivo e a cores são terríveis (as telas que publiquei irão é servir-me para colagens (lol)) e os óculos da Vogue (ou outros com a mesma forma e dimensão) não podem ser usados por pessoas que, como eu, tenham uma distância pupilar muito pequena (uso óculos graduados, isso explica muita coisa). Portanto, não se assustem que ainda não me saiu o EuroMilhões.