Wednesday, June 02, 2010

Subscrevo as palavras da Luna (Crónicas das Horas Perdidas). Existem dois tipos de pessoas: as que são burras, porque o são mesmo, porque não conseguem mais do que aquilo por muito que se esforcem, e as inteligentes, porque nasceram com essa predisposição genética, porque mesmo que não seja essa a razão, o seu cérebro está aberto e ávido de sabedoria e informação e, posteriormente a saberão co-relacionar e manipular para seu próprio interesse e, espera-se, para interesse da sociedade onde estão inseridas. (Eu incluíria outra categoria, a dos "chico-espertos", que não sendo inteligentes, também não são totalmente burros e encaixam-se ali no meio). Obviamente que existem "burros" que andam muitas vezes com as vistas tapadas, mas nesse caso, não são burros, são mesmo parvos. Portanto, burros, "chico-espertos", parvos e inteligentes. Estive numa destas categorias e de há uns tempos para cá, saltei para a outra e estou bastante convencida de que é essa realmente a verdadeira. E não, não foi um salto de "cavalo para burro".

No comments: