Wednesday, September 07, 2016

Instagram vs. Tinder vs. Facebook

Sou utilizadora do Instagram e tenho perfil activo e verdadeiro no Facebook. Só segue (não é quem quer) quem eu quero que me siga - raramente tenho pedidos de "amizade virtual" e na maioria das vezes sou eu a enviar os mesmos a gente que me parece porreira - mas que ao primeiro desvio comportamental, sai banido para todo o sempre. Muitas vezes com direito a "verificação de conta". No último ano (2016) admito que à pala do Instagram tenho adicionado muito mais malta ao Facebook - o Instagram não deixa de ser uma rede social só porque foi criado com a ideia de partilhar fotografias instantâneas tiradas com iPhone ou smartphone. Hoje em dia é um espaço acima de tudo publicitário, mais do que um espaço onde imensos artistas mostram os seus portefólios. 
Contudo, também já dei conta que o Instagram pode uma espécie de novo Tinder - a possibilidade de haver conversas em modo privado, partilha de fotos pela mesma via, mensagens essas que podem ser apagadas automaticamente (e, tanto quanto saiba, não serem recuperadas), permite um maior despudor aos utilizadores; não há regras nem restrições. Só fala e responde quem quer - mantendo-se à mesma a política do "bloqueio". 

Não me parece que haja alguém ingénuo o suficiente para não compreender "segundas e terceiras" interpretações em determinadas conversas e, se as pessoas não são burrinhas, ao continuarem e permitirem esses diálogos, diria, mais "pitorescos", é porque, claramente, assim o desejam.

Pessoalmente até agora tive sorte. Também porque não ando a colocar fotos semi nua como muitas raparigas o fazem (então agora no Verão...), também porque para mim o Instagram continua (e cada vez mais continuará) a ser um espaço de partilha de imagens, instantâneas ou não - um local onde a pouco e pouco começo a ter "seguidores" e a "seguir" também com regularidade, impressionada pela quantidade e qualidade de fotografias que são apresentadas a um ritmo horário. 

Se alguém passar do Instagram para o Facebook é bom sinal - é sinal que há confiança suficiente para partilhar mais alguma coisa de forma virtual; isto se formos a acreditar que não sabemos nada nem como como chegar à vida dos outros por via da internet. 

Algo é contudo certo; uma vez na web, para SEMPRE, na web.

Tenham então (tenhamos) cuidado com o que andam por aqui a fazer. 

1 comment:

Anonymous said...

Agora percebi a aula de teatro de hoje... :) Bom blog.