Thursday, July 07, 2011

Optimus Alive e dormir para "stay alive" num caixote do Lixo económico

Há quem tenha ido ao Optimus Alive ontem. Eu era para ter ido. Eu gostava de ter visto Coldplay (e os outros, mas essencialmente Coldplay), mas não vi. Não estava mesmo com vontade nenhuma (embora tenha sido das primeiras a comprar bilhete para o 1º dia do festival), mas tive consciência que um concerto destes a meio de uma semana de trabalho, para alguém que não tem férias há já muito tempo, não era de todo boa ideia. Então vendi-o. E não me arrependo. Não tenho uma pena brutal, não estou desalmadamente a ler as críticas, nem tenho muita pena de não ter ido. A ver apenas e só, se com a recepção que tiveram ontem, não voltam a repetir a proeza de não aparecerem em Portugal durante um longo intervalo de tempo. A não ser que vejam o nosso país como um enorme e rectangular caixote de lixo (Moody's style) e não queiram andar a chafurdar no meio da pseudo-porcaria que um grupinho de atrasados mentais que gosta de brincar ao Monopólio lixando a vida dos outros, afirma que somos. De outra forma nada mais tenho a acrescentar (ao evento de ontem) a não ser, talvez, que os apresentadores da SicRadical necessitam urgentemente de aprenderem a ser isentos de opinião. Podem não gostar das bandas (e têm todo o direito), mas limitem-se a comentar os concertos. Não se ponham com graças, bocas, palpites diversos mas pessoais, catalogando quase todas as pessoas que gostam deste ou daquele agrupamento musical disto ou daquilo, como ontem ouvi "Os fans de Coldplay são betos!" Para o c...alho! Eu não sou beta, sim filha? E pronto, é só isto.
Em relação aos ratings sobre Portugal pelas agências financeiras... LOLOL - só o título me faz rir-, gostaria de lhes dizer que não sabem nada de nós, não fazem sequer ideia de onde nos situamos geograficamente, não conhecem a nossa cultura (tal como a Finlândia também não conhecia), não têm sequer consideração pelos enormes esforços que estamos a fazer e iremos continuar. O que eles apenas querem dizer com isto é que se estão literalmente a cagar para a Europa, para o conceito de União Europeia, para a feiticeira Merkel, para o FMI (que ironicamente também é estado-unidense), e que têm no fundo um medo do caraças que em breve os EUA também resvalem para a sarjeta, o que deixaria a economia mundial em lençóis ainda piores do que aqueles em que se deita. De resto, acho que eles não servem para mais nada. Mas um tirinho nos cornos só lhes ficaria bem. E digo isto de forma muito controlada, sem ser preciso me darem calmantes ou medirem-me a tensão arterial. Até porque tenho coisas bem mais giras em que pensar como... nódulos de sílica.

1 comment:

Anita said...

Eu ADORO Coldplay e também não sou beta nenhuma. Manias desses bimbos da SIC Radical...por acaso tenho alguma penas de não os ter visto. Só não tenho mais pq já tive o prazer de os ver. Em vez do Alive [coisa para a malta nova e de férias] eu fui para o Cool Jazz Fest ver uma [não menor, só menos conhecida] Madelaine Peyroux. Deitei-me mais cedo, aproveitei um belo som sob as estrelas e...nem por isso hoje estou mais fresca! Oh PDI do caraças ehehehe