Wednesday, January 23, 2008

What a fuck is wrong with this people??? (Heath Ledger 1979-2008)

Começo a assustar-me com isto. Será um vírus? Será uma coisa transmissivel nas pessoas da minha geração? Não consigo perceber o que se passa... sei o que se pode passar pela cabeça de suicidas, compreendo o sofrimento, a desilusão, o vazio, mas choca-me perceber que são cada vez mais novos os casos de tentativas de suicídio ou de levar a termo as mesmas. Há quem diga que é uma questão de egoísmo, de fuga aos problemas, outros defendem a audácia, o facto de alguém se ter morto, sem se preocupar com o facto de que estar morto é (e realmente isto tem lógica psicológica) exactamente o oposto de estar vivo. VIVO! VIVER! Acordar todos os dias, olhar o céu azul ou as nuvens ou sentir a chuva, o Sol, o calor, o frio... SENTIR!!! Fazer coisas, poder realizá-las, REALIZAR! Mas não... algures no mundo alguém está a pôr termo à dor. Porque viver também dói, e custa muito, e há dias em que só apetece tomar uma quantidade incrivel de comprimidos, ou cortar os pulsos, eu sei; EU SEI! Eu também já passei por isso... eu AINDA passo por isso... E não é uma questão de status, de nível social ou de faixa etária. E aí reside o meu problema. Somo cada vez mais novos, os suicidas. Somos pobres e ricos, somos pessoas más e horríveis e insensíveis, não somos? Heath Ledger, 28 anos, pai de uma menina, Matilde, que ainda nem 2 anos tem. Encontrado morto no apartamento de Nova Iorque. Podia ser o António, o Juan, o Mikael, tantos outros nesse wide open world, mas quando é alguém que conhecemos ainda que de maneira completamente estranha e indirecta (televisão), não deixa de ser um choque, e dos grandes, e mais ainda quando essa pessoa é apenas 5 anos mais velha que nós. Não faz sentido nenhum... não faz...

No comments: