Posts

Showing posts from November, 2017

WebSummit e a Geração Unicórnio

Image
Realmente existem imensas formas de Marketing e Publicidade, mas um dos seus melhores exemplos e produtos é, sem dúvida o WebSummit (e o Rock in Rio, Alive e outros mega eventos que esgotam muitas vezes ainda antes de se saber o cartaz na sua totalidade). O problema do WebSummit é exactamente a sua fatal falácia em que todos parecem acreditar: qualquer empresa irá conseguir desenvolver os seus projectos no futuro a curto/médio prazo, garantindo lucros. A ideia claro que não é cortar as asas de ninguém - é excelente ter sonhos e objetivos, mas que sejam palpáveis, que tenham realmente um "purpose" e claro, que sejam aplicáveis. A metáfora do unicórnio é perfeita - estamos perante a geração unicórnio, a que acha que o futuro passa exclusivamente por projectos rápido, fast information, que requeiram algum trabalho, mas não muito, e que tenham uma projecção social incrível. Nem sempre assim acontece, e de acordo com as estatísticas são muito superiores as quedas (ou quase sempre…

Harvey Weinstein vs. Kevin Spacey ou como se destroem carreiras.

Que todos sabemos a fama menos boa que as actrizes (e actores) têm desde os tempos do antigamente, lá isso sabemos. O que eventualmente me choca no meio destes escândalos todos é que de repente todos e mais alguns parecem ter sido vítimas indefesos de predadores sexuais super activos em Hollywood e quiçá, noutros meios artísticos de outros países.  Harvey Weinstein, embora produtor da maioria dos grandes filmes dos últimos 30 anos, é simplesmente um ser asqueroso - não obstante eu acreditar que haja quem abra as pernas propositadamente para chegar ao topo, também sei que existe uma grande maioria silenciosa, que enfrentou com coragem, todo e qualquer tipo de tentativa de agressão sexual. Mas a verdade é que não se pode dizer que sejam todos seres inocentes que não sabiam ao que iam. A Annabela Sciorra só agora (quase 25 anos depois) é que se lembrou, por exemplo, de fazer queixa, porque, nas palavras da própria, quem é que iria acreditar numa mulher que sim, tinha aberto a porta a um…