... olha, desculpa, mas eu estou aqui sim? E sou de carne e osso, e tenho sangue vermelho e quente a correr-me nas veias o que faz o meu coração bater. E bate com mais força quando penso em ti (não com força desmesurada porque ainda não pode, nem deve... e nem sei se o quero a bater assim), ou quando sei que não estás bem. E eu sei que não estás bem e eu fico triste com isso. Dói-me ver-te assim, eu que já te vi e soube tão feliz. Mas por favor, não desistas, nem te escondas, porque eu não vou desistir de ti. Prometo.

Comments

Popular posts from this blog

Como se tornarem numa real bestinha? Perguntem a Gustavo Santos.

Influencer ou being Influenced?