Carlos Pinto Coelho (1944-2010)
Dizia o meu pai à minha mãe que, se alguma vez saísse da RTP, havias uma ou duas pessoas a quem daria um "murro nos cornos". Um deles era o Carlos. Acho que hoje esse murro terá sido dado e, se calhar, retribuído. Se calhar hoje, ficaram quites. Espero bem que sim.

Comments

Popular posts from this blog

Como se tornarem numa real bestinha? Perguntem a Gustavo Santos.

Influencer ou being Influenced?