Tuesday, September 07, 2010

E quem nunca pecou....

Já o disse no Facebook perante uma plateia muito maior, e não fui massacrada por isso, portanto, acredito que ser massacrada por aqui também não aconteça. Eu concordo com a política de imigração de Sarkozy. Se temos um grupo de pessoas que não possui a nacionalidade francesa, que não contribui para o desenvolvimento do país, ou para o seu crescimento económico, que não trabalha (nem quer trabalhar), que não estuda, enfim, que sejam apenas e só, parasitas da sociedade, temos que o suportar? Temos que o deixar estabelecer-se em barracas ou tendas ou acampamentos "tradicionais"? E por favor, não comparem com os "biddon-villes" portugueses porque a situação era completamente diferente. Os emigrantes nacionais que foram para a França, foram trabalhar sim, foram COM as piores condições, foram NAS piores condições e na pior altura histórica, mas é vê-los agora, a maioria não querer sequer regressar para o rectângulo, com boas reformas, com filhos criados e bem empregados, com cursos superiores de fazer inveja a qualquer jovem português, com os netos a terem melhores condições de vida do que alguma vez as futuras gerações nacionais terão. Portanto, se na maioria dos países europeus, as políticas de imigração fossem taxativas, decididas com homens corajosos que não têm medo de represálias, acreditem que as coisas corriam melhor. E não nos podemos esquecer que Sarkozy é, também ele, filho de emigrantes do "Magreb".

No comments: