Thursday, March 04, 2010

Horror - v.2

Então ficámos muito incomodadinhos com a capa da revista Visão da semana passada, foi? Coitadinhos de nós, que queremos esquecer depressa as tragédias vividas pelos outros e continuar pacatamente as nossas vidinhas completamente desprovidas de sentido (na maior parte dos casos), vendo o nosso futebol e almoçando tranquilamente quando pela tarde já não se tem paciência ou vontade de trabalhar. A capa chocou-me apenas pela verdade que aquela imagem regista. Para não pensarmos que "...ah e tal, morreram 45 pessoas, pronto, coitadinhos..." e nem sequer vermos com os nossos olhos (e deveria ser ao vivo, não através de imagem perpetuada no tempo) que aquilo, A MORTE, realmente aconteceu àquelas gentes, àquelas pessoas que nada, quem sabe, o fizeram por merecer. Ou então, pior ainda, foi uma tragédia nacional, e não gostamos de ver as tragédias nacionais, ou de falar delas; se a capa fosse uma pilha de corpos vítimas do sismo do Haiti ou agora do Chile, se calhar ninguém se ralava ou então, se fosse de um animalzinho indefeso (e atenção, que sou defensora dos direitos dos animais) sendo vítima de maus tratos, todos se impressionavam mas não se diziam chocados com "tamanho sensacionalismo". Credo! Não tarda nada já nem sequer podemos falar de coisa alguma má, porque podemos ofender o vizinho do lado ou deixar a vizinha a tomar Valium o resto do mês. Estamos a ficar muito sensíveis e acomodados é o que é. Abram os olhos e acordem para a vida! O Horror de aqui falo é do Horror real que outros humanos também passam e que outros tantos humanos não querem sequer pensar. (Estilo: what happens in Vegas, stays in Vegas) e não vem cá para o meu canto.

No comments: