Sunday, February 14, 2010

Comprimir ficheiros grandes... ENORMES

Ontem pela 01.30 andava eu a tentar terminar aquele que, não me gabando, considero ser um grande trabalho. Bom, imensa gente já fez aquilo (uma compilação dos dados e informações mais importantes sobre a Bacia Lusitânica), portanto também não é nada assim de especial. Contudo o sacaninha ficou com 19 MB de tamanho e, para enviar aquilo foi um tormento. Tudo bem que o Gmail permite anexar ficheiros até 25 MB, e até enviá-los, mas os destinatários não são obrigados a terem caixas de correio electrónico do tamanho dos Himalaias (extensão e altura). Logo, o meu professor, não recebeu; pimba, veio directamente para trás, de regresso à nave-mãe. Como sou um bocado burrita nestas coisas, ainda tentei comprimir aquilo, mas o raio do tamanho não variava, o que é estranho porque passei um Verão inteiro a comprimir ficheiros ppt. e jpeg. e a coisa funcionou. Registei-me então no "you send it". Parece-se ser uma coisa assim "okeyzinha" e dá para enviar documentos mais pesados. Vamos ver é quando o senhor irá abrir o ficheiro...

2 comments:

Goldfish said...

Parece-me razoável que um prof que recebe trabalhos por e-mail tenha uma caixa com espaço para receber coisitas assim maiores... digo eu.

Clau said...

Eehehehe, we are in Portugal.. E acho que o tamanho de armazenamento das faculdades é reduzido. Quanto menos tiverem que ler, melhor (embora a culpa seja de imagens).