Monday, January 11, 2010

OK. Ando um pouco desligada do mundo, sem dúvida, desde que 2010 começou. Passados 11 dias dou por mim a cuscar os blogues que sigo, quais as novidades, os escandalos, as roupas novas e as tendências musicais, teatrais, literárias. Dois dos meus blogues favoritos, um da Luna e outro da Kitty Fane, chamaram a minha atenção para algo que, é a meu ver um pouco ridículo. Não é absurdo, porque não é incomum. Contudo, vindo de quem vem, sabe-se que não faz lá muito sentido. Clara Pinto Correia lembrou-se, junto do marido, Pedro Palma, ou este junto da Clara, exporem a sua vida íntima para quem a quisesse ver. Ora, claro que somos voyeurs, claro que vamos espreitar, mas daí a achar aquilo bonito ou arte, vai um largo, ENORME, passo. 1º, para quem conhece o trabalho e as exposições do grupo de fotografia "Afrontamentos", já conhece tudo; 2º porque expôr a nossa vida assim, de forma tão banal, leva-me a crer que estamos à procura de alguma coisa. E recato não é com certeza. Atenção, acho muitíssimo bem falar de sexo, discutir orgasmos, mas daí a publicar fotografias do acto sexual ou do prazer daí tirado vai-me um pouco além da minha ainda parca compreensão. Existe um fotografo nipónico (ou seria chinês?) extremamente conhecido, mas cujo nome agora não me recordo, cujas fotografias são extremamente pornográficas (e não, segundo a minha opinião, eróticas), que também publicava imagens do momento sexual com a legítima esposa. Parabéns para ele, mas vindo do Oriente nós desculpamos, outra mentalidade, outra cultura.. um grau de superioridade, bla bla bla. No caso português, vindo de quem vem é realmente surpreendente pela negativa, mas cada um sabe de si e, segundo consta, Deus sabe de todos. http://aeiou.expresso.pt/as-caras-de-prazer-de-clara-pinto-correia=f556422

1 comment:

pedro polonio said...

o problema é que as fotos são fracas... muy fracas.
passa por este blog: http://hotelroomnudes.blogspot.com/
em tempos eram só fotos como o duo dinâmico deveria ter feito...
;)