Posts

Showing posts from October, 2009
Nós expulsámos para a Russia uma criança que, obviamente, iria ter uma vida difícil com a mãe biológica. Os pais afectivos são meras "coisas" que existem para, enquanto a criança não fala, anda e, talvez, escreve, cuidarem dela. Depois é do estilo: "Ala que se faz tarde!". E agora choramos que nem uns perdidos porque queremos resgatar a menina e tal? Da Russia? Aquele GRANDE império comunista que não vai perder esta oportunidade para mostrar como o seu sistema funciona tão bem?! Vá lá pessoal, acordem para a vida. Nunca mais a miúda voltará a pisar solo português e quando for maiorzinha e tiver o mínimo de sentido crítico, irá mandar este nosso país à merda por uma vez termos feito o obsequio de a termos recambiado para um Inferno; 1º regado a vodca e cerveja e depois todo vermelho.
Não não!!! Está tudo mal! Uma pessoa não pode fazer determinado tipo de declarações e depois dizer que "ah, afinal foi um pouco excessivo", principalmente quando (ainda que) meia dúzia de pessoas a apoiam de todas as formas e maneiras. José Saramago comete um grave erro ao afirmar: "Foi então que Saramago se desculpabilizou referindo que já tinha admitido o erro: "Já reconheci hoje mesmo numa entrevista que dei que aí me excedi, que não era necessário. Sobretudo porque é bastante gratuito". Após ouvir: "José Saramago trata Deus como filho da "p". Pronto, não gostei, quem não se sente não é filho de boa gente", confessou o padre Carreira das Neves. "Longe de mim a ideia de negar o direito ou a necessidade de leituras simbólicas. Com uma condição: é que essas leituras não eliminem um texto literal. E, aquilo que me parece a mim que a Igreja quer é que não façamos muito caso daquilo que está escrito realmente e entendamos o que estamos a …
A minha vida é tão boa tão boa que quando encontro uma "coisa", aprendo pouco tempo depois que "ela" se vai embora. Por outro lado, nunca, mas NUNCA, devo dizer que "dessa água não beberei" porque o feitiço invariavelmente vira-se contra o feiticeiro. Quais as probabilidades dessa mesma vida se voltar a modificar num curto espaço de tempo? Neste momento já respondo: muito grandes.

Ensaio sobre a estupidez

Mas que raio é que interessa o que Saramago disse? Será que voltámos a viver no país dos 3 F's? Fado, Futebol e Fátima, onde somos todos católicos praticantes pelo que vamos Domigo à missa e comemos a vizinha do lado logo a seguir ao ofertório? Não estou bem a perceber o porquê desta polémica toda. Caraças.. o homem nem disse mal do nosso país nem nada (ao contrário de certas e outras pessoas) e até lhe pedem para rescindir a cidadania? Olhem, sabem que mais? Se eu fosse a ele já era espanhola mas há que tempos, e acreditem, Espanha é um país muito mais ferveroso que o nosso em termos religiosos. Não acreditam? Então quem foi que teve a ideia de queimar livros (e já agora pessoas) em fogueiras há uns seculozinhos atrás? Ah pois! Mas nós, ovelhas ranhosas que nem educação (ainda) temos, seguimos logo o exemplo como cães. Portanto quem sois vós, bestas!, para porem em causa o que Saramago disse. Sabem que as opiniões são como as vaginas; cada uma tem a sua e dá-a a quem quer... e qu…

Em jeito de frase batidíssima...

Poderia viver se NÃO pensasse nele? Poderia... Mas não era a mesma coisa.
Estamos a falar dos U2??? Pois.. eu não compreendo esta loucura toda. É que se ainda fossem daquelas bandas que só cá vêm quando o "rei faz anos", mas nãoooo, sempre que fazem tours, passam por cá. Não compreendo esta luta desenfreada para os ver. É que à pala de loucos, lixam-se as outras pessoas, como eu, para dois bilhetes apenas. É patético e triste.

Como diz a minha amiga A.

Para curar uma bebedeira, nada melhor que apanhar outra logo de seguida.
Não sei porque carga de água um gajo conseguiu lixar a minha pessoal toda. Parece impossível como anos perdidos com alguém que realmente nunca nos prometeu nada, mas também não nos deu com os pés como deveria ser possa ter tanta influência na vida de outra pessoa. Bom, poder pode, basta essa outra pessoa ser EU. Contudo, hoje, não me lembro dele, lembro-me de um outro; esse sim, homem, crescido, com barba (expressão, que ele não usa disso), cuja idade não importa, bem como quem é ou o que faz na vida (posso dizer que gosto do que ele faz na vida). Porque razão passei 3 anos sem lhe ligar nenhuma e de repente se fez clique dentro de algum recanto de mim, também não sei explicar. Ou seja, emburreci com isto, porque nada sei, nada percebo, nada de nada. Só sei e isso digo com toda a certeza que a minha atracção (até poderia ter sido correspondida) para mim ficará e que realmente lembrar-me dele assim de nenhures, não é bom, principalmente se nos entretantos entre o mês de Junho e o mês a…

Esta foi-me enviada por mail a partir de um blog (que lamento não saber qual é), pelo que não é um texto meu.

Sobre o caso Maitê Proença, programa Saia Justa transmitido há 2 anos pela Globo (Brasil), I'll rest my case, muito discutido em blogs amigos, com o seguinte texto que, repito, não é de minha autoria, infelizmente. (A melhor resposta de todas!!!) Cara Maitê, Acabei de ver o teu vídeo a pedir desculpa aqui à malta de Portugal!! Tudo jóia miúda.. já vi que és uma garota "légál" e brincalhona, por isso, sei que não levas a mal se te tratar por tu...já somos amigos!!Sabes que há uns anos atrás, quando te vi pela primeira vez, soube logo que tu tinhas dois avôs portugueses!! Essa tua beleza tinha de vir de algum lado né?Neste momento sinto-me envergonhado de nós (Portugueses) termos ficado tão ofendidos com aquele documentario!! Afinal de contas, o pessoal brazuca é show de bola.. é sempre em festa!! Qual é o problema de um grupo de brasileiras brincarem e gozarem com "gajos" como o Camões e o Vasco da Gama, escarrar para um lago de um Mosteiro que é património mun…

Como é? Alguém se arrisca a ficar na fila dos U2 e também aproveita para me comprar 2 bilhetes?

Para mal dos meus pecados tornou-se ontem oficial o facto de eu ser mais uma aluna do IST. Por outro lado terminei o meu caso com a FCUL. Apesar de em termos práticos ter terminado a minha licenciatura há já 3 meses, só ontem, com o certificado original nas mãos me senti realmente livre daquilo... venha então o novo peso ou desafio. (Espero ansiosamente que o telefone toque para me resgatar daquele novo espaço).
Hoje o despertador tocou mais tarde do que é costume, ou seja, às 08.00, mas eu sou saí da cama às 09.45. Ele tocou, eu desliguei-o (acho que sim, pelo menos estava desligado), mas juro que não me lembro de o ter feito ou de o ter ouvido. Sonooo e mais sonooo e cansaço.

Para não esquecer

Image

ER- Secrets and Lies

Hoje é o último

Image
Hoje será transmitido pela RTP2, por volta das 22.35 o último episódio da última temporada de uma das séries que mais me marcaram: ER Serviço de Urgência. Já sinto saudades.

Stephen Gately (1976-2009)

Image
Antes de começar a trabalhar novamente, uma ou duas palavrinhas sobre umas coisas que nos entretantos ocorreram: MMS teve 2.04% em termos partidários em Queluz, mas os 211 votos não foram suficientes para nenhum mandato. A razão prender-se-á, porventura, com a insuficiência de eleitores às urnas durante o dia de ontem, como se poderá dever ao facto do antigo/actual/novo Presidente da Junta eleito pelo PS estar a distribuir cumprimentos, abraços e beijinhos em pleno local e hora de voto, como também poderá ter sido pelo facto dos nossos cartazes/posters terem sido arrancados violentamente, com a mesma rapidez com que foram colados (o que aos colegas, deu imenso trabalho, e na sua maioria este investimento não contou com o subsídio que o partido nos deu); como podem ver então, muitos são os factores que podem estar na origem de um péssimo resultado eleitoral. Sim, temos consciência que mudar a mentalidade de uma população envelhecida é extremamente difícil, principalmente se esta mesma …

Constipação/sinosite, é tramada...

Estou com um lenço enrolado, enfiado na narina direita (para compensar a esquerda, coitadita, que ontem se fartou de trabalhar), para impedir uma forte cascata. Não se preocupem, porque esta narina direita está entupida, só funcionando a esquerda, pelo que estou a respirar normalmente. Nada de mais, portanto.

O que me leva a pensar que ainda não sou mesmo, a sério, uma mulher...

Image
...é o facto de continuar a comprar t-shirts estampadas com bonecas ou borboletas na Zara, ou achar imensa piada à colecção da Custo ou da Desigual. Enquanto gostar de andar vestida como uma palhaça, a coisa não poderá correr muito bem. Mas que aquelas fatiotas são giras, lá isso são.
Image
Não sei como é por dentro, nunca a comprei, embora pense que seja bem melhor que outras dentro do mesmo género (apesar de tudo, ainda gosto de homens, embora admita que o corpo feminino é muito mais sensual e erótico). Gosto particularmente de saber que artistas brasileiras consagradas aceitam ser capa e adorei o facto de agora, Marge Simpson, também ter "aceite" o convite para posar para a Playboy americana. Só as imagens já deixam curiosidade para o resto.

E o Prémio Nobel da Estupidez vai para....

Cláudia Paiva Silva!
Em relação ao debate que os Amália Hoje têm suscitado na praça pública blogger: Eu gosto dos The Gift; Eu gosto de todas as orquestrações que o Nuno Gonçalves elabora, porque faz-me lembrar de certa forma os Lamb; Posso não gostar muito da imagem visual da Sónia, mas a rapariga até me parece simpática; Não gosto do projecto porque não gosto da forma como as canções são interpretadas: seja por ela, pelo Paulo Praça, pelo Fernando Ribeiro. Pegaram nos fados da Amália (podia ser de outro/a fadista qualquer) e transformaram-os em canções POP, sendo que isso não é a melhor forma de dar a conhecer ao público mais jovem, presumo que fosse essa a intenção, as canções de determinado artista. Dizerem que se não fossem eles, o Fado nunca mais renascia é um erro, pois, quando apareceu o Camané, a Kátia Guerreiro, a Mafalda Arnauth, a Mariza, a Ana Moura, a Carminho, etc., disseram que finalmente o Fado tão português tão tradicional, tinha encontrado uma nova roupagem, uma nova força e que tinha s…
O melhor é esclarecer que quando falo em Bono e Angelina, falo no plural, porque esses dois são realmente famosos, conhecidos e apenas fazem a publicidade necessária para que o Mundo tome consciência de determinadas situações ou locais à face da Terra. O plural significa que para além destes dois, existem, sem dúvida, milhoões de outros Bonos e outras Angelinas a fazerem o mesmo, mas sem câmaras e fotógrafos atrás, sem condições monetárias para o fazer e auxiliam à mesma quem mais necessita. Disto isto, convém acrescentar que eu não faço parte desse grupo, uma vez que altruísmo não é coisa para mim, muito menos ajudar os desfavorecidos (que cá em Portugal resumem-se a.. o melhor é ficar por aqui). Até porque se eu pudesse, ajudava-me era a mim e não andava a pedir dinheiro emprestado a amigos.
Aposto que nem ele estava à espera.. nem ele, nem ninguém. Afinal as macumbas que se dizem andar a serem feitas pela Casa Branca, através da sogra, têm surtido "algum" efeito. Com tanta gente igualmente "famosa" como o Bono ou até mesmo, quiçá um dia, Angelina Jolie, porque razão Barack Obama ganhou o Prémio Nobel da Paz? Sim, que fez ele em 6 meses para merecer tal distinção, em termos de "paz" porque é disso que aqui falamos, não? A vida é tãooo estranha, por vezes... PS- Philip Roth surge na revista Visão desta semana declarando que sendo difícil um americano ganhar um Prémio Nobel da Literatura, talvez o facto de ele ser igualmente judeu o ajudasse. Infelizmente, mais uma vez, tal não se comprovou. Meus caros, este escritor, tal como Lobo Antunes, estão para o Nobel como Tom Cruise, Pitt e DiCaprio estão para os Oscares: INTERDITOS.
E pronto... já cá faltava a bela da dor de garganta e semi-constipação. Quem me mandou andar vestida à Verão durante o dia de ontem?
Já vos terei dito, por certo, que odeio o Outono. Ou melhor, não odeio, para mim é aliás a altura do ano em que acho que o mesmo se inicia, sendo que as férias de Verão são as mais compridas e as que melhor serão aproveitadas. Depois, os regressos ao trabalho e às escolas ocorrem por esta altura, logo, "início do ano". O que quero dizer é que detesto o que ele evoca: o regresso do mau tempo, o limiar com o Inverno. Detesto mesmo estes dias de chuva e imensa humidade, em que não faz frio, mas também não está calor, onde uma espécie de bafo quente e húmido nos deixa a pele pegajosa e o cabelo numa autêntica merdice. Para não falar naquilo que imensa gente insiste que não existe, que é a astenia. Meus caros, eu sou preguiçosa por natureza, mas que algo não tem batido certo comigo nos últimos dias, lá isso não tem. Garanto-vos que não é normal eu dormir bem e muito durante a noite e passar o dia todo com sono à mesma, não ter posição para estar e andar constantemente cansada. Te…
Sabem que mais? Tenho a plena noção que, mesmo que quisesse, nunca iria arranjar um namorado.. ou um homem, ou algum gajo qualquer para me fazer companhia ou estar lá nos momentos difíceis. Tenho amigos para isso, mais concretamente agora, tenho amigas e confidentes e salvadoras da pátria. E sempre que me lembro/ recordo de andar de mãos dadas com algum tipo, dá-me urticária. Não gosto. Não gosto de andar de mãos dadas com um "namorado", embora o tenha feito com grandes amigos e não me importei. O simples facto de me pensar ou ver amarrada é-me confuso. Gosto da parte do conquistar e ser conquistada e ouvir coisas giras e atrevidas e românticas, mas quando passa a barreira entre o cá e o lá (o a sério), mudo logo de cara, de opinião e acho que é um erro. Não porque tenha medo, mas porque não suporto a ideia da falta de liberdade. A minha vida já de si anda confusa e parece-me que não irá melhorar nos próximos meses, tenho que arranjar tempo para estar com amigas, mas os fins…
Engraçado... o Blogger deve fazer anos ou coisa que o valha porque tem uma fatia de bolo com uma velinha. "Tem" quero dizer... o logotipo, claro, que o Blogger ainda não virou pessoa, ou animal.