Friday, April 04, 2008

Semana de loucos..não.. esperem, mês de Loucos!

A minha vida dava um filme e quem me conhece minimamente bem, sabe bem disso. Se a ultima semana foi um chavascal de tanta loucura, de tanta agitação, de tanta informação, que muito se deve à chegada da malfadada Primavera (fui bombardeada com esse comentário ao longo do último mês, literalmente), o mesmo posso dizer em relação ao ultimo mês. Sim, porque desde dia 8 de Março até hoje, dia 5 de Abril, isto não tem parado. Ora é por causa da faculdade, ou por causa da famelga, ou por causa de causas perdidas, pessoas que eu pensava serem de uma forma, serem de outra completamente diferente (campo pessoal), enfim. Uma autêntica agitação. Contudo, devo dizer que quanto mais agitada é a minha vida, mais animada eu fico, pelo simples motivo de a estar a viver. Estar mesmo a Viver e não a ficar sentada (como tenho feito ao longo dos ultimos anos), à espera que as coisas venham ter comigo. Ora que caraças, se é para levar com os pés, que leve, não posso é deixar passar tempo sobre as situações. Se é para ter notas boas ou más nos trabalhos, que tenha, para isso é que ando ainda na Faculdade (até só Outubro, se tudo correr bem....), mas já não consigo é estar parada. Ando a acordar às 06.00 e a sair do trabalho às 19.00. Isto chama-se amor à camisola, coisa que me faltou logo quando devia, mas mais vale tarde que nunca. Não me estou a queixar, atenção! Estou apenas a constatar um facto. Com tanta coisa a acontecer, é dificil uma pessoa pensar nas situações menos boas que também por cá passam, e mesmo à noite, antes de adormecer (ou basicamente entrar em coma, porque deve ser isso que me tem acontecido), só me lembro realmente das melhores, ou daquelas que de uma forma ou de outra, me têm tocado e marcado ao longo dos ultimos tempos, e pensem como quiserem, foram coisas boas sim...(mesmo que eu não perceba bem as pessoas em meu redor, que presumo serem apenas loucas, tal como eu...ou então estupidas, também é possível).
Agora só me resta esperar que a minha vida continue assim, agitada e tal, mas de forma positiva e construtiva, sendo que de certa medida, eu às vezes precise de meia hora para respirar fundo, pensar no que fiz e disse, assentar ideias e começar de novo. Ainda que o meu ritmo seja acelerado demais para a maioria dos mortais, não é acelerado para mim, portanto irei continuar tal como estou, no cume do tempo.

No comments: